No encontro que na sexta-feira abriu a 28.ª jornada da Liga italiana, a equipa orientada por José Mourinho perdeu por 3-1 na visita ao Catania, desaire que pode ainda hoje ser aproveitado pelo AC Milan, segundo da tabela a quatro pontos do tetracampeão, que recebe o Chievo Verona.

Em Livorno, marcou primeiro a equipa da casa, aos nove minutos, por intermédio de Lucarelli, que viria a conseguir um "hat-trick", bisando aos 26 e fechando a contagem aos 71, na conversão de uma grande penalidade.

Perrota apontou o primeiro golo da equipa romana, aos 10 minutos, que chegou à vantagem aos 19, por intermédio de Luca Toni. Pizarro apontou o último golo dos visitantes, ainda antes da meia hora (28).

O empate na visita ao 18.º classificado da Liga italiana mantém a AS Roma na terceira posição, a seis pontos do Inter de Milão.

A Juventus, que aos 10 minutos vencia em Turim o Siena por 3-0 - dois golos de Del Piero e um de Candreva -, acabou por ceder um empate frente ao "lanterna vermelha" da prova, o Siena, "selado" com tentos de Maccarone (15) e Ghezzal (46 e 73).

O Génova recebeu e venceu o Cagliari por 5-3, no encontro que mais contribuiu para o elevado número de golos da jornada, que, com um jogo por disputar, regista já 38 tentos.

O triunfo permitiu à equipa genovesa subir ao sétimo lugar, por troca com o Nápoles, que sábado perdeu por 3-1 na recepção à Fiorentina.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.