Cristino Ronaldo não marcou no triunfo por 3-1 da Juventus sobre o Génova e, num gesto de frustração, quando o árbitro apitou para o final da partida o internacional português despiu a camisola e atirou-a ao chão.

Um gesto que, naturalmente, não foi do agrado dos adeptos a Juventus, que disso deram conta nas redes sociais, criticando a atitude de CR7, por este não ter respeitado a camisola do clube de Turim.

Em defesa de Ronaldo saiu o seu treinador, Andrea Pirlo, quando questionado sobre esta situação. "Cristiano estava chateado por não ter marcado. Ele teve oportunidades e é normal que um jogador do seu nível queira sempre melhorar os seus registos. E se quer melhorar, é normal que fique chateado quando não faz. Não vai have multas nem nada parecido. O jogo acabou e ficar nervoso é normal. Pode acontecer a qualquer um", desvalorizou Pirlo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.