Giovanni Mauri, que foi preparador físico do Real Madrid durante a passagem de Carlo Ancelotti pelo clube, revelou alguns pormenores da preparação física de Cristiano Ronaldo, a quem não poupa elogios.

"Ele está sempre muito atento aos sinais que o seu corpo dá e decifra-os muito bem, é um atleta que se conhece perfeitamente. É um pouco preparador físico de si próprio", começou por contar o italiano, citado pelo Tuttosport.

"Uma vez, disse-me: 'Prof, água em demasia mata as plantas'. Ele considerava as cargas de treino excessivas para o seu corpo naquela altura. É muito bom quando um atleta conhece o seu corpo desta forma", acrescentou Mauri.

O preparador físico não tem dúvidas que o reforço da Juventus "é um campeão física e mentalmente". "Cristiano Ronaldo é o mais forte, o mais poderoso dos sete Bolas de Ouro com quem trabalhei. Tem uma super-aceleração, vai dos 0 aos 34 km/h em poucos segundos. É um fenómeno e um atleta de altíssimo nível".

"Devíamos levar os mais jovens a ver os seus treinos, ele faz tudo com um sorriso nos lábios e não de forma relutante, como acontece com alguns miúdos. Estamos a falar de um jogador que quando nós regressávamos dos jogos da Liga dos Campeões às 2 da manhã não ia para casa. Parava durante pelo menos uma hora no centro de treinos para fazer tratamento e crioterapia. Além de ter um estilo de vida saudável, dá muita importância à recuperação", remata.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.