De grande penalidade, aos 23 minutos, o internacional português Cristiano Ronaldo deu vantagem à formação de Maurizio Sarri e o argentino Paulo Dybala (36), ainda na primeira parte, fechou a contagem em Bolonha (2-0) na noite desta segunda-feira.

Depois do encontro, o treinador da Juventus respondeu a quem dizia que a 'vecchia signora' estava em 'crise'.

"No futebol, como na vida, existem opiniões e depois existem factos. Todos os comentadores diziam que esta equipa estava em queda, mas a realidade é que somos primeiros. Fartei-me de ouvir críticas excessivas, mas isso só nos deu mais motivação para provar que estavam errados", rematou Maurizio Sarri.

Este resultado permitiu à ‘vecchia signora’, líder isolada, com 66 pontos, distanciar-se, provisoriamente, da Lazio, segunda classificada, com 62, e que tem menos um jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.