O sérvio Sinina Mihajlovic, treinador de futebol dos italianos do Bolonha, recebeu hoje alta hospitalar depois de um internamento de 34 dias para tratar uma leucemia, doença que já tinha superado em 2019.

"Sinisa Mihajlovic recebeu alta do Hospital Sant'Orsola (Bolonha) em bom estado geral. Força, ‘mister’! Estamos contigo!”, comunicou o clube do norte de Itália, através das redes sociais.

O antigo futebolista revelou em 26 de março que ia submeter-se a novos exames e tratamentos para combater a leucemia, que o surpreendeu novamente.

"Os últimos testes fizeram soar os alarmes e pode haver o risco de a doença reaparecer. Para evitar que isso aconteça, aconselharam-me a iniciar um tratamento que cortará pela raiz essa hipótese negativa”, disse o técnico de 53 anos.

De acordo com vários meios de comunicação social italianos, Mihajlovic vai agora passar algum tempo com a família, em Roma, antes de reassumir o comando técnico do Bolonha, que tem sido liderado pelo seu adjunto e compatriota Miroslav Tanjga.

Apesar do 13.º lugar na Serie A, o Bolonha tem pontuado contra grandes equipas, sendo que nos últimos tempos empatou em casa do líder AC Milan, da Juventus e da Roma, de José Mourinho, além de ter ganho, a meio da semana passada, ao campeão Inter, fazendo-o perder o comando na fase decisiva do campeonato.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.