A Udinese trava um 'braço de ferro' com os colossos europeus interessados no chileno Alexis Sanchez. O presidente do clube italiano, Giampaolo Pozzo, não abdica de 50 milhões de euros pelo extremo de 22 anos, algo que nem Barcelona nem o Manchester City parecem dispostos a pagar.

«Penso que Sanchez é o melhor jogador da sua geração, é como Cristiano Ronaldo quando tinha 22 anos. Há quem pense que ele não vale 50 milhões de euros, eu não sei se é muito ou pouco dinheiro. A única certeza que tenho é a de que ele vai ficar connosco mais um ano, e vai ser ainda mais caro. Sabemos que Sanchez é um diamante», afirmou o líder da Udinese ao jornal chileno La Tercera.

Alexis Sanchez está concentrado com a selecção do seu país para a participação na Copa América, que decorre na Argentina, entre 1 e 24 de Julho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.