A Udinese segurou hoje o terceiro lugar da Liga italiana de futebol, que dá acesso ao “play-off” da Liga dos Campeões, ao vencer no terreno do Catânia, enquanto o Lecce, após a 38.ª jornada, foi despromovido.

Di Natale deu vantagem à formação de Udine, aos 19 minutos, e Diego Fabbrini confirmou o triunfo, aos 58, que manteve a vantagem de dois pontos para a Lazio, quarta classificada, que venceu em casa o Inter Milão.

O checo Kozak, aos 59, Candreva, aos 63, e Mauri, aos 90+1, “inutilizaram” o golo milanês do argentino Milito, aos 45 minutos, na marcação de uma grande penalidade. O Nápoles aproveitou a derrota do Inter para se destacar no quinto posto, com mais três pontos que os “nerazzurri”, com a vitória na receção ao Siena por 2-1, graças a um “bis” de Dossena.

O Génova, que apresentou o português Miguel Veloso nos últimos oito minutos, venceu na receção ao Palermo por 2-0. O campeão do Mundo em 2006 Alberto Gilardino inaugurou o marcador, aos 52 minutos, Sculli, 18 minutos depois, confirmou a vitória, que deixou os genoveses a salvo da despromoção.

No sentido oposto, o Lecce, com o búlgaro Bojinov , que alinha no clube italiano por empréstimo do Sporting, nos últimos 10 minutos, viu confirmada a sua despromoção ao perder em Verona frente ao Chievo, por 1-0. O checo Vacek, aos 78 minutos, selou a derrota do Lecce, que contabilizou 36 pontos, menos seis que o Génova.

Também esta tarde, a Roma foi vencer ao terreno do “lanterna vermelha” e já despromovido Cesena, por 3-2, e o Parma venceu na receção ao Bolonha, por 1-0, numa jornada que serviu de consagração para a campeã Juventus.

Alessandro del Piero marcou um golo no seu último jogo pela Juventus, na vitória da frente à Atalanta por 3-1, tornando a “Vecchia Signora” na segunda equipa a terminar o campeonato sem qualquer derrota.

Com este triunfo, o 23.º na prova, a Juventus, comandada por Antonio Conte, que empatou outros 15 jogos, terminou o campeonato sem qualquer derrota, repetindo o feito do AC Milan em 1991/91, de Fabio Capello, numa altura em que a prova era disputada por 18 clubes, menos dois que atualmente.

Em San Siro, o AC Milan, na despedida de Alessandro Nesta, Gennaro Gattuso, Filippo Inzaghi e Mark van Bommel, venceu na receção ao despromovido Novara por 2-1, mantendo-se na segunda posição, a quatro pontos da campeã Juventus.

Também hoje, a Fiorentina empatou a zero na receção ao Cagliari.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.