Os “dragões” discutiam "taco a taco" com os “leões” o título nacional, mas a equipa lisboeta chegava ao Olival apenas a precisar de um empate, face ao ponto de vantagem que tinha e por ter ganho no primeiro confronto directo, em Alcochete.

Até ao intervalo, FC Porto e Sporting poderiam ter marcado, mas no segundo tempo os “dragões” conseguiram “matar” o jogo no espaço de dois minutos, depois de oportunidades, uma vez mais, para os dois lados.

Primeiro, aos 57 minutos, com Lupeta a aproveitar alguma confusão na área e a fazer o 1-0, e, depois, aos 59, com Ricardo Alves a rematar para o 2-0.

O Benfica, que termina a fase final sem nenhuma vitória, foi terceiro classificado, a distantes 12 pontos do campeão FC Porto, enquanto o Vitória de Guimarães foi quarto, com escassos dois pontos.

Os “dragões” terminaram a prova com 15 pontos e o Sporting com 12.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.