O único golo da partida surgiu por intermédio de Amido Baldé, ao minuto 69, e que permitiu ao Sporting sair do sempre difícil estádio do Dragão com os três pontos.

No entanto, foi o FC Porto a entrar melhor no jogo, com uma boa oportunidade aos 20’, com um cabeceamento, após canto, bem defendido por Ruben Luiz. Pouco depois, valeu Cedric Soares que substitui o guarda-redes e não permitiu o golo portista.

Já na segunda parte, a história foi diferente, com o Sporting a dominar o encontro, que culminou com o golo de Baldé, a 21 minutos do final do encontro.

No domingo, os leões recebem o arqui-rival Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.