O Sporting sagrou-se hoje campeão nacional de juniores em futebol, ao vencer o Vitória de Guimarães, por 3-1, em jogo da última jornada da fase final, disputado na Academia em Alcochete.

A equipa do Sporting, que apenas dependia de si para conseguir o título, estava a perder ao intervalo, mas na segunda parte deu a volta ao resultado com um golo de Edgar Ié e um “bis” de Bruma.

No jogo disputado em Alcochete, o Sporting entrou a assumir o comando da partida, frente a um Vitória de Guimarães que procurava explorar o contra-ataque, mas os lances de perigo eram raros junto a ambas as balizas.

Numa tarde quente, a partida decorria a um ritmo muito baixo e o primeiro remate surgiu apenas aos 17 minutos, pelo médio do Sporting João Mário, mas saiu fraco e ao lado.

Na resposta, aos 21 minutos, Luís Rocha ganhou uma bola e tentou de imediato, da zona de meio-campo, o chapéu ao guarda-redes leonino, mas a bola saiu ligeiramente por cima.

Depois do aviso, a equipa vimaranense chegou mesmo à vantagem, dois minutos depois. Num rápido contra-ataque, o lateral esquerdo Mateus subiu pelo flanco, ganhou no confronto físico com Chaby e cruzou para a emenda fácil do avançado Areias.

A equipa orientada por Abel, que substituiu no cargo Ricardo Sá Pinto, precisava da vitória e intensificou a pressão, tendo estado perto do golo aos 30 minutos, mas o guarda-redes Oliveira defendeu um remate de Betinho, que surgiu isolado depois de ganhar em velocidade aos centrais contrários.

Logo no início da segunda parte, após a chegada do presidente do clube, Godinho Lopes, aos 48 minutos, o Sporting chegou ao empate. Na sequência de um livre, Betinho tocou curto e o central Edgar Ié rematou forte e colocado.

O Sporting galvanizou-se e os lances de perigo sucediam-se, perante um Vitória de Guimarães que defendia cada vez mais atrás, até que, aos 65 minutos, a equipa de Abel conseguiu dar a volta ao resultado, com Bruma a finalizar no coração da área, depois de uma boa jogada de envolvimento pela esquerda.

Aos 78 minutos, numa jogada rápida, o mesmo Bruma surgiu solto pela direita, depois de uma assistência de Gael Etock, que tinha entrado poucos minutos antes, e bisou na partida.

Depois, o Sporting esperou pelo apito final para celebrar a conquista do campeonato.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.