Os Dragões estiveram a vencer por 2-0, este sábado, no Estádio do Olival, em Vila Nova de Gaia, mas o Sporting conseguir reduzir para 2-1 na segunda parte. Pipo marcou o terceiro para os Dragões aos 68 minutos e selou o resultado.

Com sete pontos de avanço sobre o Sporting, segundo classificado, e a três jornadas do fim, o FC Porto está a um jogo de se sagrar campeão nacional.

«Ainda não somos campeões, o título só ficaria entregue se este jogo valesse cinco pontos. Temos três jogos; precisamos de ganhar um mas sabemos que estamos numa situação invejável. O segundo [Sporting] está a sete pontos e o terceiro a 11, isso demonstra que somos a equipa mais forte», disse Rui Gomes, após a partida.

O técnico dos juniores portistas disse que a equipa de Alvalade foi «agressiva» mas os «alicerces: solidariedade, coesão e qualidade» do FC Porto ditaram o resultado final, considerando-o justo.

O próximo encontro do FC Porto é a 27 de Abril, numa quarta-feira às 16 horas, e Rui Gomes quer o título o mais rápido possível.

«Prefiro ser campeão o mais rápido possível. Não será fácil termos muitos adeptos na Figueira da Foz mas o mais importante é ganharmos esse jogo; depois poderemos celebrar em casa, na jornada seguinte, frente ao Gondomar», analisou.

Já Telmo Costa, treinador do Sporting, considerou o resultado «injusto».

«Um resultado injusto. Pelas oportunidades que as duas equipas criaram merecíamos sair daqui, pelo menos, com um empate. Mas o futebol é mesmo assim, o FC Porto concretizou e nós não», disse o técnico dos Leões juniores.

«Nos últimos seis anos de campeonato de juniores ganhámos cinco. O nosso objectivo não é conseguir títulos mas sim formar jogadores de qualidade para chegaram ao plantel sénior», atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.