O Chelsea conquistou hoje pela segunda vez a Supertaça europeia, ao vencer o Villarreal, por 6-5, no desempate por grandes penalidades, após uma igualdade a um golo no tempo regulamentar.

Em Belfast, Hakim Ziyech (27 minutos) colocou os campeões europeus em vantagem, antes de Gerard Moreno (73) empatar para os vencedores da Liga Europa, que depois acabaram por desperdiçar dois de sete penáltis, mais um do que o Chelsea.

Os 'blues' voltaram a vencer a Supertaça europeia, repetindo o feito de 1998, em que venceu o Real Madrid, por 1-0.

Aos 27 minutos, Kai Havertz surgiu com espaço no lado esquerdo e cruzou atrasado para Ziyech, que desviou de primeira para o 1-0.

O jogador marroquino do Chelsea, que estava a ser o melhor em campo, acabou por sair lesionado pouco antes do intervalo, tendo até utilizado o 'apito verde' para receber um anestésico. Antes do descanso, o Villarreal quase fazia o empate, num remate de Alberto Moreno que acertou em cheio na trave.

Na segunda parte, foi a vez de Gerard Moreno rematar ao ferro da baliza do Chelsea (52'), na sequência de um erro de Mendy, que ainda conseguiu desviar a bola.

A insistência do Villareal acabaria por ser recompensada com o empate aos 73 minutos: Gerard Moreno combinou com Dia, este devolveu de calcanhar e o avançado espanhol atirou para dentro da baliza.

Chelsea e Villarreal não conseguiram desbloquear o empate e o jogo seguiu mesmo para prolongamento, que também não viu qualquer golo. Nesta fase, os 'blues' mostraram-se sempre mais perigosos, com Pulisic a falhar na cara de Asenjo e depois Mason Mount, dentro da grande área, a permitir a defesa ao guardião do Villarreal.

Na lotaria dos penáltis, Kepa acabou por ser herói, ao saltar do banco aos 119' para defender duas cobranças e dar ao Chelsea o primeiro título do ano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.