Abel Ferreira, treinador do SC Braga, reconheceu que vai fazer uma gestão do plantel e fazer cinco alterações na equipa que venceu o V. Guimarães.

"Rotação da equipa? Não vejo as coisas dessa forma. Na nossa cabeça há um plano. No último jogo, com o V. Guimarães estávamos em igualdade de circunstâncias porque o tempo de preparação era o mesmo. Vamos apresentar uma equipa competitiva, responsável, exigente, sabendo que a máxima é vencer sempre, independentemente do adversário. É essa a nossa responsabilidade".

Convidado a comentar o momento do Benfica, Abel Ferreira elogiou o adversário e espera uma entrada forte do Benfica.

"O nosso adversário tem um grande plantel, de campeões e um grande treinador, também ele campeão e que continua a valorizar jogadores mais jovens. O Benfica é uma grande instituição com recursos enormes. Eles vão entrar fortes, já avisei os meus jogadores (...)Temos de nos manter alerta. Não sei se vou ganhar, mas o que eu quero, acima de tudo, é que os meus jogadores tenham a coragem e a confiança para desafiar um grande adversário".

Confrontado com a polémica arbitragem no jogo com o Benfica da primeira jornada do campeonato, também na Luz, Abel Ferreira preferiu fugir ao assunto.

"Esta é uma modalidade que dá emprego a muita gente. Sou um colibri que vai com uma gota de água para apagar o fogo da floresta, mas vou continuar a fazê-lo", disse.

O técnico confirmou ainda a titularidade de André Moreira e Ricardo Ferreira

"Vão ser os dois titulares. Já tinha avisado o André [Moreira] que ia jogar este jogo. Disse-lhe depois da partida com o Boavista, para a Taça da Liga. Quis prepará-lo atempadamente para este desafio. Quantas mudanças no onze? Vou fazer cinco...".

O Benfica recebe esta quarta-feira o SC Braga para a Taça da Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.