Sporting de Braga e Sporting Clube de Portugal vão disputar, a partir das 19h45 deste sábado, no Estádio Magalhães Pessoa, em Leiria, a final da 14.ª edição da Taça da Liga, depois de a meio da semana terem deixado pelo caminho, respetivamente, Benfica e FC Porto.

Numa edição disputada num formato diferente, em virtude do apertar do calendário devido ao início tardio da temporada ditado pela COVID-19, frente a frente vão estar os vencedores das últimas três edições da competição. O Braga, detentor do troféu, conquistou a prova na época passada e defende o troféu, enquanto o Sporting o tenta recuperar depois de o ter erguido consecutivamente em 2017/18 e 2018/19.

Braga e Sporting são também, ambos com duas Taças da Liga conquistadas no seu historial, os segundos clubes de maior sucesso na história da prova, bem atrás do Benfica, vencedor da competição por sete ocasiões. Quer isto dizer que que levar a melhor na noite de sábado, em Leiria, isolar-se-á no 2º lugar do ranking da história da competição, com três Taças da Liga no seu palmarés.

Do lado dos leões há a 'boa nova' de Nuno Mendes e Sporar, cuja ausência da meia-final tanto deu que falar, terem sido dados como disponíveis pela DGS para o encontro.

Curiosamente, o treinador dos leões, Rúben Amorim, venceu a competição ao leme do Braga na temporada passada. Mas o treinador do Braga, Carlos Carvalhal, também já sabe o que é ganhar a competição...e frente ao Sporting. Foi logo na primeira edição da prova, quando ao leme do V.Setúbal derrotou o conjunto leonino no desempate por penáltis.

Histórico de confrontos: a quarta final entre os dois clubes

Este vai ser o segundo embate da temporada entre as duas equipas e o primeiro não foi assim há muito tempo. Foi logo no segundo dia do ano, com o Braga a apresentar-se em Alvalade algo desfalcado, o Sporting levou a melhor por 2-0, com golos de Pedro Gonçalves e Matheus Nunes.

Esse foi, nada mais nada menos do que o embate número 150 entre os dois clubes no conjunto de todas as competições e a vantagem é clara para o lado dos 'verdes e brancos': 92 vitórias, 35 empates, 23 empates. No entanto, olhando para os últimos confrontos entre os dois clubes, o equilíbrio é bem mais evidente. Nos últimos dez jogos entre Braga e Sporting, por exemplo, houve quatro vitórias para cada lado e dois empates.

Esta será a quarta ocasião em que Sporting e Braga se encontram na discussão de um troféu. Os de Alvalade venceram por 4-0 na final da Taça de Portugal de 1981/82 e, depois, por 3-2 no desempate por penáltis após um empate 2-2 na final da Taça de Portugal de 2014/15. Para além dessas duas finais da Taça de Portugal, leões e minhotos degladiaram-se ainda pela Supertaça de 1982, a duas mãos, com os bracarenses a vencerem em casa, por 2-1, no primeiro jogo, mas a perderem depois por 6-1 na segunda mão, em Alvalade, num jogo em que Manuel Fernandes assinou um hat-trick.

Quanto a embates a contar para a Taça da Liga, este será o quarto jogo entre os dois emblemas para esta competição: o Sporting venceu por 2-1 na fase de grupos de 2009/10, levou a melhor no desempate por penáltis nas meias finais da edição de 2018/19, mas perdeu depois por 2-1 nas meias-finais da edição da temporada passada.

Guia de forma: Sporting e Braga com registos bem positivos esta época

Sporting e Sporting de Braga têm vindo a realizar uma temporada positiva no que a sequências de vitórias diz respeito. Os lisboetas somam esta época 16v, 3e, 2d em 21 jogos esta temporada, enquanto o Braga totaliza 18v, 1e, 6d em 25 jogos esta época.

Antes do triunfo com o FC Porto, o Sporting vinha, pela primeira vez em 2020/21, de dois jogos consecutivos sem ganhar. Antes, porém, vinha de uma série de 15 jogos sem perder (13v, 2e). Quanto ao Braga, venceu dez dos últimos 13 jogos que disputou no conjunto de todas as competições.

O Sporting só ficou 'em branco' um jogo esta temporada, na eliminação (derrota por 2-0) frente ao Marítimo, a meio de janeiro. Ao todo, no conjunto de todas as competições, os 'leões' marcaram 47 golos (2,23 por jogo) e sofreram 17 (0,80 por jogo). Quanto ao Braga, marcou 56 golos (média de 2,24 por jogo) e sofreu 28 (1,12 por jogo).

O que dizem os treinadores

Carlos Carvalhal, treinador do Sp.Braga: "A história e o passado não contam para nada, não têm nada a ver com este jogo. Há um foco muito grande das duas equipas, que vão querer ganhar, o Sporting é um adversário difícil, que joga bem, com um bom treinador, temos respeito máximo, mas queremos a taça para nós. Tivemos algumas dificuldades na altura por causa da covid-19, ainda que não a fazer o ‘onze', mas, com mais opções, estamos mais preparados e equilibrados e isso é um ponto positivo que queremos explorar. O que conta é a estratégia e a dinâmica de jogo e espero que o Braga tenha a mesma dinâmica, principalmente a ofensiva, e que sejamos nós a levar o troféu para Braga num ano de centenário".

Rúben Amorim, treinador do Sporting: "A estrela que eu tenho pode fazer a diferença. É um ponto a favor do Sporting. Mas tudo depende do jogo, talvez quem marque primeiro... As incidências do jogo podem mudar tudo. Em Alvalade houve um encaixe na forma de jogar, foi um jogo muito equilibrado, e acabou por sorrir à nossa equipa. Podem mudar alguns jogadores, mas as ideias de jogo não mudam. Vai ser um jogo muito competitivo. Um golo no início do jogo pode tornar o jogo completamente diferente. Espero um Sporting de Braga muito igual ao que tem vindo a ser. Conheço bem o plantel e é uma equipa muito forte, e que entende os momentos do jogo. Vamos tentar desequilibrar e criar espaços. Acho que vamos fazer um grande jogo"

O jogo

O encontro tem início marcado para as 19h45 no Estádio Magalhães Pessoa, em Leiria. Tiago Martins, da AF Lisboa, é o árbitro escolhido pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para dirigir a final da Taça da Liga. André Campos e Pedro Mota serão os árbitros assistentes e Manuel Mota o 4.º árbitro. Na Cidade do Futebol, nas funções de videoárbitro, vai estar Hugo Miguel, assistido por Ricardo Santos.

Poderá acompanhar aqui, AO MINUTO, todas as incidências do encontro e ver os vídeos com os principais lances do encontro à medida que estes se forem sucedendo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.