O brasileiro Cauê, autor do golo da vitória do Moreirense na final da Taça da Liga, ante o Sporting de Braga, analisou a partida e destacou a importância do triunfo.

"Sabíamos que o favoritismo era das equipas grandes, mas também sabemos que o futebol joga-se dentro do campo, 11 contra 11, e conseguimos colocar em prática a nossa qualidade", disse o médio após a partida.

Sobre o penálti que converteu com sucesso, Cauê referiu: "Tive a responsabilidade de colocar a equipa na frente, num lance capital, mas treinamos também para isso. Moreira de Cónegos é uma vila pequena e para eles isto é uma feito histórico, tal como para o clube, que conquistou este troféu invicto".

Eleito o melhor jogador da final, Cauê garantiu que um prémio individual não lhe diz tanto como o troféu coletivo. "Não estou muito preocupado com isso, porque o importante é a equipa vencer. Costumo dizer aos meus amigos da frente que eles trabalham e eu corro para eles".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.