Sérgio Conceição não espera perder nenhum jogador em janeiro, na abertura do mercado de transferências. No final do jogo com o Belenenses, o treinador do FC Porto falou do mercado, da reviravolta e do mercado de transferências.

Mais uma reviravolta: "É importante a reação da equipa, mas prefiro não sofrer. Tivemos 20 minutos fora do que é habitual. A partir desse momento [golo] há uma forma de dar a volta, que é ir à procura do golo".

Recorde e apuramento para a 'final four': "Estamos contentes, é mais um objetivo como no ano passado. Lembro-me que perdemos a meia-final nos penáltis e este ano queremos mais. Queremos ganhar esta competição. Era importante ganhar e estar com os ouvidos no outro jogo. Houve emoção e acho que a Taça da Liga é hoje vivida de forma diferente do que no início. Foi a 16.ª vitória, um recorde para o clube. É bom para mim porque coincide com a passagem a uma meia-final da taça da Liga. Os jogadores estão de parabéns."

Análise ao jogo: "Acho que demorámos a entrar no jogo. Tivemos 20 minutos fracos e a partir do momento em que acordámos mais, principalmente na nossa disponibilidade mental para o jogo, o jogo teve só um sentido, com boa réplica do Belenenses porque é uma equipa recheada de jovens com qualidade e muita vontade. O golo deu-lhes ânimo, mas nós fomos mais fortes do que isso. Falhámos sete, oito, dez ocasiões de golo e o resultado poderia ter sido completamente diferente e podíamos ficar descansados. Penso que o Mika foi o melhor em campo. Por tudo isto, é merecido. Estamos a colher o fruto do nosso trabalho".

Teme perder alguém no mercado de transferências? "Se alguém vier e bater a cláusula de rescisão de algum jogador, não podemos fazer nada. Muitos treinadores queixaram-se, mesmo na reunião de treinadores da UEFA, mas temos de levar com este mês de janeiro. Já vou começar na viagem a preparar o jogo nas Aves. Falando de reforços, neste momento estou bem assim. São situações que são normais, num período que devia ser mais curto, devia-se ajustar este mês de janeiro"

Influência do mercado na Champions: "Mesmo na Liga dos Campeões, há grandes clubes europeus que têm a oportunidade de se reforçar e apresentar uma equipa diferente nos oitavos de final. Devia-se mudar algo que beneficiava toda a gente".

O FC Porto apurou-se para as meias-finais da Taça da Liga de futebol, ao vencer 2-1 em casa do Belenenses SAD, em jogo da terceira jornada do grupo C da prova.

O Belenenses SAD cedo se adiantou no marcador, através de Reinildo, aos quatro minutos, mas a equipa de Sérgio Conceição, que somou a 16.ª vitória consecutiva em todas as provas, um recorde nos 'dragões', deu a volta ao marcador na segunda etapa, com golos de Marega (53) e de Tiquinho Soares (63), tendo o final do encontro sido vivido de forma intensa, já que o Desportivo de Chaves chegou aos 3-1 na receção ao Varzim e ficou a apenas um golo de vencer o grupo.

Nas meias-finais da prova, cuja 'final four' vai decorrer em Braga entre 22 e 26 de janeiro próximos, o FC Porto vai defrontar o Benfica, vencedor do grupo A, enquanto a outra meia-final vai ser disputada entre o Sporting de Braga, vencedor do grupo B, e o Sporting, que foi primeiro no grupo D.

*Artigo atualizado e corrigido

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.