A Direção-Geral da Saúde emitiu, esta quarta-feira, um comunicado sobre os casos de Nuno Mendes e Sporar, que o Sporting defende terem tido falsos positivos.

Comunicado da DGS

"A Direção-Geral da Saúde (DGS) informa que, à data, a investigação epidemiológica de COVID-19, incluindo os inquéritos epidemiológicos e a avaliação de risco no que respeita a clubes de futebol, é da responsabilidade da Autoridade de Saúde territorialmente competente, tal como previsto na Norma 015/2020, na Orientação 036/2020, e demais enquadramento técnico-normativo da DGS.

Concretamente no que respeita aos dois jogadores do Sporting que terão tido um resultado positivo, a Autoridade de Saúde territorialmente competente, a quem cabe determinar as medidas, solicitou por escrito ao diretor médico da Unilabs-Portugal informação sobre se os resultados analíticos dos dois jogadores que estavam a ser avaliados constituíam falsos positivos, não tendo obtido resposta em tempo útil".

Recorde-se que o diretor do departamento clínico do Sporting, João Pedro Araújo, revelou no final da tarde de segunda-feira que Nuno Mendes e Sporar, que estavam supostamente infetados com COVID-19, eram afinal falsos positivos.

Um comunicado que fez, desde logo, estalar a polémica. Citado pelo jornal 'O Jogo', Maia Gonçalves, o diretor clínico da UNILABS, laboratório responsável pela realização dos referidos testes, garantiu não haver "nenhuma assunção de erro, porque não há erro".

Porém, o jornal 'Record' veio acrescentar novos dados a todo o processo, citando mesmo uma comunicação entre o Sporting e a UNILABS a que diz ter tido acesso, assinada pelo próprio António Maia Gonçalves. Nela, segundo o 'Record', o diretor médico daquele laboratório admite que os testes de Nuno Mendes e Sporar foram falsos positivos. "Assumiu-se por isso clinica e laboratorialmente que se trataram de falsos positivos, num trabalho conjunto entre as equipas clínicas do Sporting CP, da Unilabs e com a DGS", pode ler-se no documento em causa, escreve aquela publicação.

Mesmo assim, o Sporting garantiu na última noite a presença na Final Four da Taça da Liga, depois de bater o FC Porto por 2-1, com a vitória a aparecer nos derradeiros minutos. Numa partida onde os portistas estiveram por cima a maior parte do tempo, o Sporting acaba por conseguir uma reviravolta nos derradeiros minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.