A equipa da II Liga venceu e convenceu, com os golos de Lulinha e Raphael, num resultado que se ajusta ao desenrolar de um jogo bem disputado.

Os estorilistas vinham de um empate (0-0), na primeira jornada da segunda fase, frente ao Paços de Ferreira, enquanto os algarvios estreavam-se na presente edição da competição.

Em ritmo alto, mas com pouco acerto de ambas as equipas, as grandes oportunidades do primeiro tempo foram criadas pelo conjunto “canarinho”, com Lulinha a estar perto do golo aos 31 e 37 minutos, depois de boas iniciativas de Moacir e Calé.

Enquanto o Olhanense apenas criava perigo em lances de bola parada, o Estoril ameaçava em lances rápidos de contra-ataque, com destaque para o trio ofensivo composto por Calé, Lulinha e Moacir, mas até final da primeira parte manteve-se o nulo no marcador.

No recomeço da partida, Lulinha esteve novamente perto do golo, mas só mesmo aos 67 minutos é que o brasileiro fez o primeiro golo dos estorilistas, que colocariam um ponto final no jogo, aos 90, quando Raphael, num remate em arco, fez o 2-0 final.

Com esta vitória, o Estoril soma quatro pontos e fica à espera do resultado do Olhanense-Paços de Ferreira, para determinar quem passa à terceira fase, enquanto o conjunto de Jorge Costa está fora da competição.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.