A Académica entrou melhor em campo, com os estudantes a jogarem da forma como gostam, através de contra-ataques e durante a primeira parte têm assustado a baliza defendida por Nuno.

Aos 12 minutos, Belluschi teve nos pés a oportunidade de fazer o primeiro golo que, depois de ter feito o mais difícil, desfazer-se de três defesas dentro da grande área, chutou fraco à figura de Ricardo.

O FC Porto conseguiu marcar um minuto depois, por intermédio de Bruno Alves, com um cabeceamento, mas o árbitro Pedro Proença anulou o golo ao capitão portista por suposto fora-de-jogo.

Os Dragões desenvolvem bem no meio-campo mas o último toque, o que poderia ditar o golo, tem falhado quase sempre.

Aos 38 minutos coube ao veterano guardião Nuno efectuar uma excelente defesa depois de um remate potente, de fora da área, de Emídio Rafael. Nos últimos instantes da primeira parte o FC Porto sofreu muita pressão da equipa de Villas Boas dentro da grande área dos azuis e brancos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.