O FC Porto regressou hoje aos treinos sem Evandro, Alberto Bueno e o guarda-redes Raúl Gudiño, na preparação para a Taça da Liga em futebol e depois de perder em Guimarães (1-0) para o campeonato.

O técnico interino Rui Barros, que se encontra no comando técnico da equipa após a rescisão unilateral com o espanhol Julen Lopetegui, não contou com Evandro e Bueno por questões físicas, e Gudiño, a cumprir folga.

O guarda-redes esteve dispensado depois de ter participado domingo na vitória do FC Porto B frente ao Santa Clara (4-2), o que levou Rui Barros a integrar o guardião João Costa, também da equipa B, para colmatar a ausência do mexicano.

O FC Porto, que perdeu na I Liga e ficou a cinco pontos do líder Sporting e a três do segundo classificado, o Benfica, volta a treinar na terça-feira, às 10:30, na preparação do encontro da segunda jornada da Taça da Liga, na quarta-feira, em casa do Famalicão (II Liga).

Na competição, que em oito edições os ‘dragões’ nunca venceram, o apuramento da equipa está em risco, depois de ter perdido logo na jornada de estreia, em casa com o Marítimo (3-1).

O FC Porto não depende apenas de si para se qualificar para as meias-finais, enquanto ao Marítimo, que já disputou dois encontros e jogará em casa na última jornada, frente ao Famalicão, basta um empate para garantir o apuramento, como primeiro classificado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.