Filipe Cândido, treinador do Mafra, na flash interview da Sport TV após a derrota frente ao Sporting.

Satisfeito com exibição: "Sim, satisfeito com a exibição, triste com o resultado final. Procuramos na primeira parte, e penso que o conseguimos, controlar. Demos um pouco a iniciativa de jogo ao Sporting, naturalmente a jogar em casa sentíamos que iam à procura do espaço que normalmente encontra e que com alguma facilidade tem feito com serie de golos contra adversários do mesmo escalão. Fomos uma equipa muito rigorosa no aspeto defensivo, quando não tínhamos bola. Fomos conseguindo controlar os espaços ao ponto de não me recordar de uma clara oportunidade de golo do Sporting. Sempre que podíamos tentamos criar condições para encontramos os espaços para termos oportunidades. (...) Penso que ainda tivemos algumas situações que podiam ter surtido em golo. Fica um amargo de boca, porque acabaram por ser dois erros individuais a ditar o resultado. Estou orgulhoso dos jogadores, mereciam este palco e a maioria deles merecem outros palcos além da II Liga"

Este Mafra não é de II?: "Nós tentamos ter uma ideia positiva e a partir dela criar mais jogos de campeonato do que os adversários, aumentando assim as probabilidades de vencer os jogos. Sabemos que defrontamos equipas de grande valor. No entanto, um dos papeis do treinador é tentar potenciar ao máximo os jogadores que tem, principalmente os mais jovens, e é isso que procuramos fazer no Mafra, discutido e pensando apenas jogo a jogo. (...) Independentemente daquilo que aconteça nós queremos gostar de nos ver, que no fim gostem de ver a nossa equipa jogar. Jogamos para os adeptos e para nós próprios"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.