Gil Vicente e Moreirense empataram hoje 3-3 em Barcelos na primeira jornada do Grupo A da Taça da Liga de futebol, num jogo em que Zé Luís se destacou, pois entrou aos 62 minutos e apontou dois golos.

O encontro do Estádio Cidade de Barcelos foi dominado pela equipa local, que inaugurou o marcador logo aos seis minutos, com um golo de Rodrigo Galo, mas depois permitiu a reviravolta no marcador para 1-2 ainda antes do intervalo.

O contra-ataque foi a arma utilizada pelos homens de Moreira de Cónegos, que aos 11 minutos conseguiram a igualdade graças a uma grande penalidade convertida por Eriverton, a castigar braço na bola de Paulo Arantes.

O Gil Vicente continuou com mais posse de bola, mas os visitantes mostraram-se perigosos no contra golpe e, aos 40 minutos, Lico rematou à barra da baliza de Murta, que ainda desviou a bola.

O extremo seria protagonista da viragem do marcador a um minuto do intervalo, pois fez a assistência para Luís Pinto fazer o segundo golo.

Os gilistas entraram para a segunda parte dispostos a modificar a tendência do marcador e o treinador Paulo Alves foi feliz nas alterações.

Os visitantes ainda estiveram perto do terceiro golo, aos 58 minutos, mas Luís Pinto, bem colocado, rematou por cima, até que o maior caudal atacante dos locais acabou por dar frutos aos 71, quando Zé Luís restabeleceu a igualdade.

O jovem cabo-verdiano deu maior agressividade ao ataque do Gil Vicente e aos 81 minutos bisou na partida, mas, já em período de compensação, Murta fez um disparate que resultou no golo da igualdade (3-3), obtido por Castro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.