O treinador do Benfica, Jorge Jesus, assumiu que a equipa não quer «conhecer a derrota nas competições internas», garantindo que «vencer não cansa».

«Complicado vai ser, não sei é se mais ou menos [que nos outros jogos]. Não tenho esse dom. É uma meia-final da Taça da Liga, onde tanto Benfica como o SC Braga querem estar na final. O Benfica porque ao longo dos últimos quatro anos venceu, porque é um clube com a cultura de ganhar títulos. O SC Braga quer ganhar titulos, e como está fora da Taça de Portugal e do campeonato, é o único título que pode ganhar. Vai ser um jogo difícil por estes objetivos que as equipas têm», disse o treinador em conferência de imprensa para o jogo com o SC Braga para a Taça da Liga.

Quanto a uma possível gestão do plantel para o encontro em Braga, Jesus adiantou que irá colocar em campo «os jogadores nas melhores condições», o que «prova» que «tudo o plantel é útil», não mostrando preocupações com o número elevado de jogos do Benfica enum curto espaço de tempo.

«Estamos muito contentes por jogar de dois em dois dias, ou de três em três. E se houvesse um todos os dias, era melhor ainda», frisou.

Nestas meias-finais estão quatro das cinco primeiras equipas classificadas do campeonato - embora a questão entre FC Porto e Vitória de Setúbal ainda não esteja resolvida - o que para o treinador do Benfica «reflete a qualidade desta Taça da Liga» e o «equilibrio».

O SC Braga-Benfica, das meias-finais da Taça da Liga, realiza-se esta quarta-feira às 19h45.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.