João Henriques, treinador do V. Guimarães, mostrou-se triste pelo facto da sua equipa não ter conseguido a vantagem frente ao Benfica, acabando por perder na marcação das grandes penalidades.

"Saímos daqui com um amargo de boca. Na primeira parte a única grande ocasião foi nossa. O Benfica esteve perto da nossa baliza, mas não conseguiu criar uma ocasião real de golo. A nossa estratégia passava por atrair a equipa do Benfica para explorar as suas costas", começou por analisar.

Sobre o segundo tempo: "Na segunda parte conseguimos controlar o jogo posicional do Benfica, que teve algumas oportunidades, mas só de grande penalidade conseguiu fazer golo. Nós também já tínhamos tido uma boa oportunidade, que poderia ter dado o segundo golo. Agora, o Benfica não teve 10 ou 15 situações de golo. É preciso ser realista e também respeitar o adversário. Também não me queixei quando noutro desafio em joguei no meio campo do adversário", argumentou o técnico vimaranense.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto