Técnico do Sporting estava feliz depois do resultado gordo conseguido frente União da Madeira. Jorge Jesus considera que a equipa madeir

"Foi uma vitória com muitos golos. Na primeira parte tivemos algumas dificuldades, mas o jogo tem 90 e poucos minutos. O União quebrou, não conseguiu acompanhar o andamento do Sporting e acabaram por sofrer. A entrada do Bruno [Fernandes] e do Bas [Dost] deram outro andamento. Os jogadores levaram o jogo a sério, olharam para o jogo com um objetivo, que é o de passar este grupo, chegar à meia-final e à final", referiu o técnico, em declarações citadas pelo jornal O Jogo.

O técnico 'leonino' afirmou que ainda não passou à próxima fase mas que está no bom caminho.

"Ainda não estamos dependentes de nós. Amanhã [quinta-feira] o Marítimo joga com o Belenenses e aguardamos o resultado desse jogo. Fizemos o que tínhamos de fazer, que era ganhar por muitos golos".

Quanto a possíveis reforços, Jorge Jesus considera que o presidente poderá colocar algumas prendas no seu sapatinho.

"O presidente, se puder dar-me uma ou duas prendas, daquelas que sejam financeiramente possíveis para o Sporting, vai dar-me. Por agora ainda não tenho prendas e, por isso, não posso falar".

O Sporting goleou o União da Madeira por 6-0 e deu um importante passo na qualificação para as meias finais da Taça da Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.