O Leixões assegurou hoje a presença na segunda fase da Taça da Liga de futebol, ao vencer o Sporting da Covilhã, por 1-0, no Estádio do Mar, com um golo de belo efeito do defesa Tininho.

O encontro teve um início prometedor e em apenas 11 minutos o perigo rondou ambas as áreas, com especial destaque para o Leixões que enviou a bola por duas vezes ao ferro da baliza do Sporting da Covilhã.

A primeira situação de perigo nasceu de um mau atraso de Abdoulaye, aos 3 minutos, aproveitado por Rui Pedro, mas o remate saiu ao poste da baliza serrana. Aos 11 minutos, foi Fábio Espinho, em jeito, a rematar ao poste contrário.

O Sporting da Covilhã, embora com mais homens atrás da linha da bola, provocou um calafrio ao Leixões aos 8 minutos, na sequência de um cruzamento de Ivo Pinto, que nem Fofana nem Vouho conseguiram desviar para golo.

A partida conheceu depois um período marcado por muitos passes errados, de parte a parte, e a ausência total de oportunidades de golo, excepção feita aos lances de bola parada, contudo, quase sempre inconsequentes.

A sapatada no marasmo futebolístico, foi dada por Feliciano, aos 27 minutos, mas o remate na passada do leixonense, em posição frontal à baliza defendida por Igor, após um cruzamento de Éder, saiu por cima.

O Sporting da Covilhã surgiu melhor no início da segunda parte e procurou o golo por Fofana, aos 48 minutos, na sequencia de um livre defendido por Ricardo, e por Vouho, aos 49, com um remate ligeiramente ao lado.

O Leixões rebateu a ousadia dos serranos com um golo de belo efeito por Tininho (1-0), aos 61 minutos, com um remate cruzado ao ângulo superior, e podia ter aumentado a vantagem por Feliciano, aos 72, mas o remate saiu à figura.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.