“Não dependeu disso. Mesmo com menos um ficámos concentrados. A derrota é de todos. O 4-1 não justifica. Não há como explicar. Viemos do intervalo com vontade de empatar, mas agora há que levantar a cabeça”, disse Liedson no flash interview, após a quarta derrota consecutiva dos leões, a segunda em casa.

Ramires, autor também ele de um dos quatro golos encarnados, não teve dúvidas em afirmar que “a vitória foi merecida”, já que “foi o Benfica que se impôs desde o primeiro minuto”.

O jogador do Benfica foi também o “alvo” de João Pereira, no lance que ditou a expulsão do lateral direito leonino: “Foi um carrinho, acertou no tornozelo. Ele usou um pouco mais de força do que era preciso e acabou expulso”.

O Benfica venceu hoje o Sporting em Alvalade, por 4-1, em jogo das meias-finais da Taça da Liga, qualificando-se para a final, a segunda consecutiva. Em três edições, esta é a primeira vez que os leões não atingem a final, tendo nas duas ocasiões anteriores sido batido por Vitória de Setúbal e Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.