O presidente do Vitória de Guimarães, Miguel Pinto Lisboa, comentou a partida que terminou com a derrota dos 'vimaranenses' por 2-1 frente ao FC Porto, preferindo destacar a exibição dos 'conquistadores' e a confiança que mantém nos seus jogadores e equipa técnica, em detrimento de comentar a arbitragem.

O Jogo

"O Vitória SC fez hoje um grande jogo, contra um adversário que também ele fez um grande jogo, um jogo bem disputado de parte a parte. O Vitória, no meu entender, teve superioridade em largos períodos de tempo, poderíamos ter saído daqui vencedores, que era o que merecíamos. Não conseguimos, no entanto estamos satisfeitos com a nossa atitude, faz parte do crescimento deste plantel, apresentarmos-nos com equipas do nível do FC Porto, do Frankfurt, do Arsenal e disputarmos o jogo taco-a-taco, sempre com o objetivo de vencer. Hoje não o conseguimos, não so por culpa própria, mas também por culpa própria. Outras oportunidades virão, estamos em crescimento, estas vitórias fazem partes do processo"

Arbitragem

"A análise da arbitragem é para os especialistas. Quando nós criticamos a arbitragem somos sempre atacados, por isso os especialistas que analisem, os lances são discutíveis, há diversos lances que podem ser discutíveis. Não os vou comentar, porque não é a minha função. Agora posso estar de desacordo com alguns lances. Mas estou principalmente satisfeito com os meus atletas e com o meu corpo técnico. A nossa imagem sai daqui enaltecida"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.