O avançado Pizzi quer ver as capas dos jornais com o Paços de Ferreira a festejar a vitória na Taça da Liga de futebol frente ao Benfica, num jogo a disputar sábado em Coimbra.

«O importante é estarmos nas capas dos jornais a festejar e não tanto os títulos», disse Pizzi, em declarações à Agência Lusa, momentos antes da partida da equipa para estágio.

O avançado cedido pelo Sporting de Braga ao Paços de Ferreira disse ainda esperar «um Benfica forte, como sempre foi, apesar de algo fragilizado pela derrota com o FC Porto para a Taça [de Portugal]», mas garantiu que «esse jogo não influenciou em nada» a preparação do Paços de Ferreira.

«Estamos é focados em tentar vencer a competição», sublinhou Pizzi, com sete golos esta época (três na Liga, outros tantos na Taça da Liga e um na Taça de Portugal), acrescentando que «toda a gente ambiciona fazer golos», mas «o mais importante é que o Paços vença».

A opinião do avançado, de 21 anos, é partilhada pelo médio David Simão, um ano mais novo e também um forte candidato a titular no jogo de Coimbra, para quem «a final vai ser o jogo mais especial da carreira».

O internacional luso, que vai defrontar o clube com quem tem contrato, precisou: «É o jogo mais especial, por ser a primeira final e contra o Benfica, que me emprestou e com quem tenho contrato».

David Simão disse que «o grupo está tranquilo e focalizado no objectivo de vencer o Benfica», prometendo não festejar se fizer um golo, «por respeito ao clube» onde foi formado.

Em relação ao jogo, advertiu para as dificuldades de defrontar uma equipa como o Benfica, «com grandes jogadores, todos com provas dadas a nível nacional e internacional», e que «vai querer mudar rapidamente o rumo dos acontecimentos, procurando vencer a final».

«Mas nós também queremos o troféu e vamos tentar contrariá-los com as nossas armas», disse David Simão, insistindo na ideia de que «o Paços de Ferreira está preparado para tudo».

O médio criativo foi claro: «Já passámos várias fases esta época, desde séries consecutivas de vitórias, a derrotas e goleadas. E, por isso, estamos preparados para tudo, mas muito focalizados no objectivo de vitória».

Os pacenses viajaram hoje para Cantanhede, onde permanecerão em estágio até ao decisivo jogo.

A quarta edição da final da Taça da Liga, entre Benfica, vencedor nos dois últimos anos, e Paços de Ferreira, disputa-se a partir das 20:45 de sábado e será arbitrada por Pedro Proença, de Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.