A equipa de Portimão falhou uma grande penalidade contra as duas desperdiçadas pelo adversário, levando a melhor numa eliminatória que registou dois empates (1-1 na primeira mão).

O Feirense dominou todo o primeiro tempo, com mais posse de bola, mais ataques e seis pontapés de canto, mas raramente conseguiu que o seu ascendente se traduzisse em oportunidades de golo.

O Portimonense - a jogar com uma atitude mais expectante - dispôs da melhor oportunidade para chegar à vantagem, quando, aos 11 minutos, Aragoney falhou inacreditavelmente o remate em zona privilegiada, após passe de Vasco Matos.

A equipa da casa, revelando dificuldades nas transições, foi aproveitando os lances de bola parada, como, aos 21 minutos, com Luciano a atirar de cabeça próximo da trave, na sequência de um pontapé de canto.

A segunda parte começou com mais ritmo, graças a outra predisposição do conjunto de Francisco Chaló, que resultou num remate cruzado muito perigoso de Adilson, aos 46 minutos.

Os dois guarda-redes revelaram-se os "heróis" da partida, com particular destaque para Alê, que evitou algumas vezes o resultado desfavorável para a sua equipa.

Francisco Chaló ainda mexeu no meio campo, na busca de uma melhor organização, mas foi com um jogo directo e através de bolas paradas que conseguiu intensificar a pressão nos minutos finais, período no qual poderia ter chegado à vantagem.

Jogo no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira.

Feirense - Portimonense, 0-0 (5-6 após grandes penalidades).

Equipas:

- Feirense: Paulo Lopes, Joel Neves, Luciano, Igor Souza, Hélder Castro, Elvis, Pinheiro (Filipe Pastel, 66), Adilson (Ludoviv, 79), Marco Cadete, Tales (Wagnão, 82) e Roberto.

(Suplentes: Marco Sousa, Wagnão, Giba, Ludovic, Leandro Perez, Galhano e Filipe Pastel).

- Portimonense: Alê, Ricardo Pessoa, Jorge Monteiro (Mailson, 56), Diogo, Aragoney (Bem Traoré, 77), Nelson Pedroso, Pires, Vasco Matos, Balú, Rúben Fernandes e Adriano.

(Suplentes: Pedro Silva, Mailson, Moita, Nilson, Bruninho, Bem Traoré e João Pedro)).

Árbitro: Lucílio Baptista (Setúbal).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Tales (34), Jorge Monteiro (34), Pires (41'), Aragoney (60), Mailson ( 80), Vasco Matos (88).

Assistência: cerca de 2000 espectadores. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.