Depois do triunfo por 2-1 sobre o Santa Clara, que valeu o apuramento para a final da Taça da Liga, onde o Sporting vai medir forças com o Benfica, Rúben Amorim viu considerou o resultado justo, mas admitiu que a equipa complicou um pouco as coisas, assumindo responsabilidade por isso.

VEJA AS MELHORES IMAGENS DO ENCONTRO

"Gostei do resultado e gostei do jogo, principalmente na primeira parte. Depois da expulsão no Santa Clara piorámos, foi a nossa pior fase no jogo, algo displicentes com a bola, a procurar jogar onde não devíamos… Às vezes gostamos de complicar um pouco o nosso jogo e a culpa disso é minha, mas podíamos ter arriscado menos e guardado mais a bola", começou por afirmar.

"Sabíamos que o Santa Clara é forte nas bolas paradas e, não tendo o Coates e também o Paulinho, com a equipa mais baixa, tentámos controlar isso não fazendo muitas faltas no meio-campo defensivo, mas fomos a melhor equipa e o resultado é justo", prosseguiu.

Amorim olhou já, também, para o encontro com o Benfica: "O Benfica é sempre o Benfica, o Sporting é sempre o Sporting, e nestes jogos não conta para nada o que se passa no campeonato. Não somos favoritos, só temos mais três pontos no campeonato, perdemos dois jogos recentemente e esta equipa sente isso. Sentiu-se algum nervosismo mesmo a jogar com mais um. Uma final é sempre 50-50. Sendo contra o Benfica, que também está habituado a estar em finais, ainda mais. Será um jogo dividido", vaticinou.

Tabata: "Vamos com tudo para ganhar no sábado"

Bruno Tabata também falou após o encontro e falou do momento que a equipa atravessa, antes de garantir que a equipa vai dar tudo para vencer esta Taça da Liga.

"Não estamos habituados a perder, jogar num clube grande é assim, é essa a mentalidade. Não tivemos de dar resposta hoje, temos de dar resposta sempre! Vamos com tudo para ganhar no sábado", disse.

Sobre o encontro com o Benfica, referiu: "É um clássico. É sempre muito importante para as duas equipas, e tenho a certeza de que ambas vão estar prontas", frisou

O brasileiro falou também do seu futuro: "Estou focado em ajudar o Sporting, tenho mais três anos e meio de contrato. Estou feliz aqui", garantiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.