Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, à Sport TV, após o triunfo frente ao Rio Ave (2-0), no Estádio dos Arcos, da 2.ª jornada do Grupo B da Taça da Liga.

Análise ao jogo: "Dificultou-nos a forma de pressionar, mesmo assim tivemos oportunidades para fazer golos. Alguns cruzamentos não levaram a direção que deviam levar, mas tivemos uma grande oportunidade logo no início pelo Nuno Santos... Mas a verdade é que também não permitimos ao Rio Ave criar oportunidades. Depois na segunda parte, com o cansaço do Rio Ave, criámos ocasiões, muitas em ataque organizado, algumas em transições. Recuperávamos a bola com a equipa do Rio Ave um bocado partida, mas é assim. O Rio Ave fez o seu papel e tornou o jogo difícil, mas decidimos bem o jogo. Voltámos a falhar muitos golos, mas não sofremos, isso é muito bom."

Chegar aos quartos de final só com vitórias: "Muito mais do que isso, é crescer como equipa. Os jogadores vão competir por um lugar durante a semana e o que fizerem contra o Marítimo depende mais deles que de mim. Queremos vencer os jogos, precisamos de vitórias consecutivas, precisamos de não sofrer golos e temos de manter a intensidade. Fomos dominando sem grande stress e foi um jogo competente da equipa."

Declarações de Gonçalo Inácio, defesa-central do Sporting, à Sport TV, após o triunfo frente ao Rio Ave (2-0), no Estádio dos Arcos, da 2.ª jornada do Grupo B da Taça da Liga.

Golo: "Estava um jogo complicado, dividido. Entrámos a comandar mas ficou dividido na primeira parte. Na segunda entrámos a comandar mais, a ter mais posse de bola e fizemos o golo."

Sporting mais perto dos quartos de final: "É a nossa quarta vitória [consecutiva], mas nada está garantido. Vamos ao Marítimo para ganhar."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.