Declarações de Rúben Amorim e de alguns jogadores do SC Braga à Sport TV após a vitória  sobre o FC Porto, por 1-0, no jogo da final da Taça da Liga de futebol, disputado em Braga.

Rúben Amorim (treinador do Sporting de Braga)

“Os jogadores estiveram excelentes. Voltámos a ter a ‘estrelinha’ no fim, mas fizemos por merecer. Entrámos muito bem, mas o FC Porto equilibrou. Na segunda parte, o jogo tornou-se difícil, mas os jogadores estão de parabéns e merecem. Não existe segredo, é ter bons jogadores”.

Ricardo Horta (jogador do Sporting de Braga e autor do golo da vitória)

“Foi um grande trabalho de toda a equipa. Merecemos todos este troféu e vamos desfrutar muito desta Taça.

É o meu primeiro título da carreira e esta gente merece esta taça. Estamos todos de parabéns.

Entrámos muito bem no jogo. O FC Porto depois acabou por cima a primeira parte. Foi um jogo bastante disputado, mas a vitória assenta-nos muito bem.

Foi uma época de altos e baixos, mas a qualidade da equipa é sempre a mesma. Temos um grande plantel e os resultados estão a vir ao de cima. Ainda vêm muitas mais coisas boas para nós”.

Fransérgio (jogador do Sporting de Braga)

“Está de parabéns o grupo e os adeptos. Toda a gente está de parabéns.

Tem de ser até ao final. Este grupo merece”.

Raul Silva (jogador do Sporting de Braga)

“O Sporting de Braga mereceu, por este coletivo, frente a uma das melhores equipas do nosso campeonato. Somos muito trabalhadores. Dedico a vitória aos nossos adeptos”.

João Palhinha (jogador do Sporting de Braga)

“Estamos todos de parabéns. Esta equipa já merecia conquistar um título há muito tempo. Todos muito satisfeitos, felizes e orgulhosos pelo trajeto até aqui. Esperamos conquistar muito mais até ao final da época”.

Ricardo Esgaio (jogador do Sporting de Braga)

“Foi um esforço de toda a equipa, mas a vitória veio para nós, o troféu é nosso. Quero dar os parabéns a toda a equipa”.

Francisco Trincão (jogador do Sporting de Braga)

“Acho que foi apenas acreditar. Sabíamos o que tínhamos de fazer, fizemos e estamos muito felizes. Dedico o triunfo à minha família”.

Vítor Tormena (jogador do Sporting de Braga)

“Foi uma felicidade, não quero nem pensar nisso (na lesão sofrida durante o jogo). O que importa é que o título ficou em casa. A equipa do FC Porto é muito qualificada, mas nós vimos de uma sequência muito boa, a jogar em casa. Jogámos com esse fator e fomos campeões.

Tivemos muita união. Abraçámos a ideia do treinador, que favorece muito o grupo. Todos unidos, vamos longe”.

O Sporting de Braga venceu, este sábado, o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga em futebol, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham conseguido em 2013. O médio Ricardo Horta marcou o golo decisivo a um minuto do final do período de descontos e garantiu a conquista do troféu, num jogo disputado no Estádio Municipal de Braga.

O FC Porto, que já tinha chegada à final nas épocas 2009/10, 2012/13 e 2018/19, continua sem conseguir vencer a única competição nacional que ainda não consta no palmarés ‘azul e branco’.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.