Num comunicado publicado na página oficial do clube, o líder madeirense esclarece a sua posição,  "Vamos analisar do ponto de vista jurídico o que acontece, mas neste momento a minha intenção é não comparecer ao jogo, uma vez que se fixou que o clube situado em terceiro lugar jogaria com o quarto, colocando o jogo na casa do terceiro sem sorteio algum e dando a receita a esses clubes".

Rui Alves critica ainda o trabalho desenvolvido pela Liga de Clubes, "é horrível o trabalho que a Liga fez à frente do futebol e vai ficar ligada à queda de grandes emblemas nacionais".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.