Rui Vitória acredita que o Benfica devia ter feito mais conseguir a vitória. O técnico 'encarnado' elogiou a estratégia de Vítor Oliveira, que acabou por garantir um empate na fase de grupos da Taça da Liga.

"Entrámos a ganhar, com um golo muito bem elaborado, fizemos o 2-0 e tínhamos o jogo controlado. Na segunda parte fomos à procura do terceiro golo. Tivemos duas desatenções, que não poderiam acontecer e que nos penalizaram. Vítor Oliveira montou muito bem a equipa e as desatenções que tivemos não poderiam acontecer", referiu o técnico, em declarações citadas pelo jornal O Jogo.

O técnico das 'águias' afirmou também que compreende a desilusão dos adeptos, depois de mais um resultado negativo na competição.

"Estamos muito tristes e compreendemos o comportamento dos nossos adeptos. Resta-nos preparar esta segunda fase do campeonato nacional, que é a nossa prioridade. As coisas não acontecem por acaso, em determinados momentos cometemos erros que não podíamos cometer. Muitas vezes fazemos o bem e o mal na nossa equipa. Há várias explicações, mas isso é para resolver internamente. Estamos a lutar com toda a convicção e determinação por algo que é histórico nesta casa que é a conquista do pentacampeonato".

No entanto, Rui Vitória não atira a toalha ao chão e coloca as fichas todas no campeonato.

"Há dois anos tínhamos menos dois pontos do que temos agora. Neste momento não é altura para balanços. Queríamos ganhar as provas todas, mas a prioridade agora é o campeonato. É importante, em termos internos, analisarmos esta situação".

O Benfica empatou com o Portimonense esta quarta-feira, somando o segundo empate na fase de grupos da Taça da Liga e está em risco de falhar a passagem às meias finais da prova.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.