Sérgio Conceição não deixou de abordar as recentes polémicas que têm marcado o futebol português, nomeadamente os casos de alegada viciação de resultados, mostrando-se "desiludido e preocupado" com algumas situações.

"Temos de dar tempo ao que se está a investigar. Vivi em muitos balneários, convivi com muitos jogadores e custa-me acreditar em algumas situações. A Justiça saberá o que fazer. Estas situações não dignificam em nada o nosso futebol, deixam-me desiludido e preocupado", disse o técnico portista em conferência de imprensa, no final da vitória sobre o Paços de Ferreira para a Taça da Liga.

"Somos um país fantástico. Temos o melhor jogador do mundo, alguns dos melhores treinadores, uma seleção campeã da Europa… e o que se fala é do ambiente negativo. Mas o que há para investigar tem de ser investigado", acrescentou.

No outro jogo do Grupo D, Miguel Cardoso também foi questionado sobre o período conturbado em torno do Rio Ave. "Foi uma semana igual a todas as outras. Haverá tempo para falar sobre isso. Não há motivo nenhum para falar de outra coisa que não o jogo. Caso contrário daremos esta conferência por encerrada", disse o técnico no final do triunfo sobre o Leixões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.