O Sporting passou às meias-finais da Taça da Liga 2020/21 ao vencer por 2-0 o Mafra no Estádio José de Alvalade. Numa partida em que os 'leões' optaram por poupar vários jogadores, aproveitando para dar minutos a alguns jogadores menos utilizados, foi preciso esperar até meio da segunda parte para para se ver a turma da casa arrancar para a vitória.

Depois de um primeiro tempo com poucas oportunidades, Sporar acabou por abrir o ativo à passagem do minuto , com Bruno Tabata, vindo do banco, a fazer o segundo do conjunto leonino logo depois.

Sporting entra a dominar, mas sem criar perigo

Apesar das muitas alterações introduzidas no 'onze' por Rúben Amorim (que, a cumprir castigo, não se sentou no banco), o Sporting entrou apostado em dar seguimento ao bom momento que atravessa. Logo aos dois minutos, cruzamento de Antunes na esquerda e remate de Sporar ligeiramente ao lado.

O Mafra tentou responder, mas sem importunar Luís Maximiano (esta noite titular na baliza leonina), e o Sporting continuou a mandar no jogo, ainda que sem criar real perigo, como foi exemplo um remate de Daniel Bragança (outra das novidades) de primeira, mas muito ao lado. Ainda assim, não tão ao lado como outro de Matheus Nunes, minutos depois.

Minutos passam e jogo não muda

O encontro prosseguiu na mesma toada. O Sporting a dominar, o Mafra a tentar sair para o contra-ataque, mas lances de perigo...nem vê-los. Pouco depois da meia hora, num lance de laboratório bem trabalhado, Plata tocou de calcanhar e Gonzalo Plata (mais um dos que teve uma oportunidade a titular) pegou bem na bola, mas o seu disparo saiu por cima.

Logo a seguir, arrancada de Tiago Tomás pela direita, assistência para Sporar e o esloveno, em boa posição, atirou contra um adversário. Não foi, pois, de estranhar que Tiago Martins, o árbitro do encontro, tenha apitado para o intervalo sem que o marcador tivesse mexido em Alvalade.

Segunda parte arranca bem mais animada...

Longe de estar a realizar uma exibição ao nível das mais recentes, o Sporting mexeu ao intervalo, com Nuno Mendes e Bruno Tabata a entrarem logo no arranque do segundo tempo, para os lugares de Antunes e Tiago Tomás. Foi, contudo, o Mafra a deixar um aviso (o seu primeiro verdadeiro aviso no jogo). Na transformação de um livre, tentou surpreender Luís Maximiano, com a bola a sair muito perto do alvo.

O jogo parecia, de facto, outro no arranque do segundo tempo e logo depois foi a vez do Sporting ficar muito perto de marcar. Sporar conduziu, a bola sobrou para que assistiu Tabata e este, na cara do guarda-redes contrário, atirou rasteiro, com a bola a roçar ainda o poste antes de sair pela linha de fundo.

E, quando a monotonia ameaçava voltar, Sporar marcou

Quem pensou, porém, que o jogo fosse mesmo mudar, estava enganado. É que aos poucos o encontro começou a voltar à toada da primeira parte. Domínio do Sporting, mas com os lances de perigo a escassear.

Tanto domínio, ainda assim, acabou por dar frutos. Pouco depois de ter chegado ligeiramente atrasado a um cruzamento de um colega, Sporar, à boca da baliza, marcou mesmo. Insistência do ataque leonino, novo cruzamento de Nuno Mendes e Sporar, desta feita, marcou mesmo.

Mafra acusa golo e Tabata arruma a questão

A resistência do Mafra durou, assim, 65 minutos. Mas o conjunto da II Liga acusou o golo sofrido. De tal forma que o 2-0 não tardou. Cinco minutos depois, espetacular lance individual de Plata pela direita, a cruzar a meia altura da linha de fundo e Tabata só deve de colocar a cabeça para encostar a bola para o fundo das redes.

O 3-0 só não surgiu aos 79 minutos porque Sporar, isolado por um alívio de Luís Maximiano, não teve a arte suficiente para bater o guarda-redes do Mafra. Não marcou o Sporting e podia ter marcado o Mafra, na sua melhor ocasião de golo até então: Tomás Domingos rematou de primeira, ligeiramente por cima, perdendo a possibilidade de reduzir a desvantagem.

O resultado acabaria mesmo por não sofrer mais alterações e o Sporting segue mesmo, sem sobressaltos, mas sem deslumbrar, para a 'final four' da Taça da Liga, marcada para janeiro, em Leiria.

 Veja o resumo do encontro

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.