Sporting e Vitória de Setúbal reeditam hoje em Braga a primeira final da Taça da Liga, com os ‘leões’ a procurar inscrever, pela primeira vez, o nome no troféu, que os sadinos conquistaram na estreia da prova.

Em 2007/08, os pupilos de Carlos Carvalhal foram mais certeiros nos penáltis (3-2) do que os de Paulo Bento, após o 0-0 no fim do jogo.

Jorge Jesus, que venceu a competição cinco vezes pelo Benfica (2010, 2011, 2012, 2014 e 2015), quer agora ganhar pelo Sporting, sendo que José Couceiro deseja estrear o seu nome na lista de vencedores da competição, dominada pelo Benfica.

Em 10 edições, os ‘encarnados’ levantaram a Taça em 2009, 2010, 2011, 2012, 2014, 2015 e 2016, ‘falhando’ apenas em 2008, 2013 e 2017, anos em que os vencedores foram Vitória de Setúbal, Sporting de Braga e Moreirense, detentor do troféu.

Ao serviço do Sporting, que lidera pela terceira época consecutiva, Jorge Jesus ganhou apenas um troféu, a Supertaça de 2015, com 1-0 ao Benfica, no Estádio do Algarve.

Nas meias-finais, o Vitória de Setúbal derrotou a Oliveirense, da II Liga, por 2-0, enquanto o Sporting afastou o FC Porto nos penáltis (4-3), após 0-0 no tempo regulamentar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.