António Salvador, presidente do SC Braga, prestou declarações aos jornalistas após a derrota bracarense frente ao Sporting.

Jogo: "Estou aqui porque o meu treinador não pode cá estar. Acho que é de toda a justiça vir aqui dar os parabéns aos jogadores do SC Braga pelo jogo que fizeram, pelo carater, ambição, tudo o que demonstraram neste jogo. O jogo começou com duas grandes equipas e como viram tudo fizemos para vencer o jogo. Em função da forma como estava o campo na primeira parte, na segunda melhorou, mas sabíamos que era um jogo que iria ser decidido no detalhe, pena é que não fosse decidido nos detalhes das equipas que jogaram à bola mas sim pela terceira. O golo começa numa falta que não existe, como todos vimos. É com grande satisfação e orgulho que o SC Braga demonstrou dentro do campo a grande equipa que tem e é com grande satisfação que vejo o Sporting a festejar tanto com as vitórias sobre o nosso clube".

Confusão na tribuna: “Não foi nada de mais. Como disse, na vida temos de saber perder e ganhar. Temos de saber ganhar, quando assim não é, as coisas não correm muito bem, mas é para ultrapassar”.

Arbitragem: “Vocês [jornalistas] sabem que foi, vocês viram, não preciso de dizer. É de um mau tom, e de não haver bom senso, como é que é possível, sem os advertir, expulsar os treinadores numa final. É de um tom inacreditável, expulsar os dois treinadores sem advertir".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.