Vitória de Setúbal e Sporting estão empatados a 0-0 quando estão decorridos os primeiros 45 minutos de jogo. Pedro Trigueira e Rui Patrícia brilharam numa primeira parte muito equilibrada.

Na ressaca da derrota no dérbi da Luz e da eliminação das competições europeias, o Sporting apresentou-se no Bonfim para a Taça de Portugal com apenas uma alteração no onze em relação à equipa titular que defrontou o Benfica para o campeonato. Jorge Jesus apostou na inclusão de Joel Campbell e deixou Bryan Ruiz no banco de suplentes. Já do lado do Vitória de Setúbal, José Couceiro fez também apenas uma alteração na equipa com a titularidade de Pedro Trigueira na baliza sadina.

Depois de um arranque de jogo algo 'morno' devido ao equilíbrio entre as duas equipas, o Sporting acabou por demonstrar um ligeiro ascendente ao final de 10 minutos apesar do lance duvidoso aos 11 minutos para o Vitória de Setúbal, que ficou a reclamar de uma grande penalidade de Marvin Zeegelaar, e de uma perdida incrível de Edinho aos 13 minutos que isolado permitiu uma grande defesa de Rui Patrício.

Aos 20 minutos, Adrien Silva desperdiçou uma ocasião soberana para abrir o activo ao permitir a dupla defesa a Pedro Trigueira na marcação de uma grande penalidade.

Aos 29 minutos foi a vez de Rui Patrício brilhar no jogo ao negar o golo a Ryan Gauld numa jogada em que o médio escocês emprestado pelo Sporting surgiu isolado na área leonina.

Até ao apito para intervalo, Adrien Silva ainda viu Pedro Trigueira negar-lhe um golo de antologia com uma grande intervenção, mas o equilíbrio entre ambas equipas dita um empate a 0-0 no final da primeira parte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.