O Sporting de Braga goleou os algarvios por 6-1, na 10.ª jornada da I Liga, a 4 de novembro, num jogo em que os minhotos saíram para o intervalo a perder, e agora voltam a defrontá-los na quarta eliminatória da Taça de Portugal, prova na qual o objetivo dos bracarenses é chegar à final, como na época passada.

“Espero um jogo decisivo e, por isso, muito difícil, não olhando para o nosso último confronto como referência. Ganhámos com toda a justiça, mas o jogo de Portimão vai exigir muito de nós e considero que vai ser mais difícil [do que em Braga] e vamos ter que fazer muito mais para seguirmos em frente, que é o nosso objetivo”, disse o técnico na conferência de imprensa de antevisão.

Artur Jorge reforçou não querer destacar a goleada imposta ao Portimonense: “queremos ganhar em Portimão e 1-0 chega”.

O Sporting de Braga recebe, poucos dias depois (quarta-feira), o Union Berlim, em jogo também decisivo para seguir na Liga dos Campeões, mas o treinador quer a equipa a pensar um jogo de cada vez.

“Não falámos sequer desse adversário, sabemos da dificuldade que vamos ter no espaço de cinco dias, serão duas finais autênticas para seguirmos na Taça de Portugal e continuarmos a sonhar com a Liga dos Campeões”, notou.

O Sporting de Braga teve vários jogadores a representarem as respetivas seleções nesta pausa internacional, o que o treinador vê com bons olhos, por ser sinal do “crescimento do clube”, mas também com alguma preocupação pela sua condição física.

“É sinal do crescimento do clube e fico satisfeito pela valorização dos jogadores. Temos hoje oito ou nove internacionais a estarem regularmente integrados nas suas seleções. Somos o 29.º clube em termos de ranking [segundo a última atualização da Federação Internacional de História e Estatística do Futebol] e é isso que queremos em termos de trabalho. Por outro lado, causa-me mais preocupações, porque, de todos os clubes portugueses, fomos os que tivemos jogadores a alinharem mais minutos. Temos a intenção de gerir e perceber o estado de cada um, porque vamos precisar de todos na máxima força em Portimão”, disse.

Rodrigo Gomes tem-se destacado no Estoril Praia e na seleção sub-21 e Artur Jorge antevê o seu regresso a Braga em breve.

“É um dos casos de sucesso dos jogadores que foram emprestados, tem jogado com regularidade e tem-no feito bem no Estoril e na seleção nacional [sub-21], é uma questão de tempo o regresso a Braga”, acrescentou.

Al Musrati, por lesão, é a grande baixa nos minhotos.

Sporting de Braga e Portimonense defrontam-se a partir das 15h30 de sábado, no Estádio Municipal de Portimão, em jogo que será arbitrado por André Narciso, da associação de Setúbal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.