O Sporting de Braga apurou-se hoje para a quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao vencer por 3-1 no terreno do 1.º de Dezembro, que deixou uma excelente imagem e criou dificuldades aos bracarenses.

Os golos de Leandro Salino (19 minutos), Hélder Barbosa (24) e Carlão (71) permitiram ao primodivisionário Sporting de Braga avançar na "prova rainha" do futebol português, enquanto Ricardo gomes (20) fez o tento de honra dos sintrenses, da II divisão.

Numa espécie de repetição da eliminatória do ano passado, os dois conjuntos voltaram a defrontar-se em Sintra e novamente com os "arsenalistas" a levarem a melhor, mas por um resultado mais amplo.

Os bracarenses entraram no jogo a tentar privilegiar as alas e Lima deu o primeiro sinal de aviso, à passagem do quarto de hora, numa tentativa de remate, que acabou por não ter consequências para a baliza de Miguel Aleixo.

No entanto, cinco minutos depois, o mesmo Lima descobria Leandro Salino à entrada da área e o médio brasileiro inaugurou o marcador, com um remate colocado e fora do alcance do guardião da casa.

Pouco mais de um minuto volvido, o 1.º de Dezembro causava espanto e igualava a contenda, num excelente gesto técnico de Ricardo Gomes, que, à saída de Berni, colocou-lhe a bola por cima.

A formação sintrense dava boa réplica ao finalista da última edição da Liga Europa, procurando, quase sempre sair a jogar curto e, depois, explorar as costas da defensiva minhota.

Ainda assim, a igualdade não duraria muito tempo, já que, aos 24 minutos, Hélder Barbosa correspondeu de cabeça a um cruzamento de Lima e colocou a formação de Leonardo Jardim novamente na frente.

A partir desse momento, as duas equipas caíram bastante de produção e, até ao intervalo, apenas foi possível contabilizar mais um lance perigo, num fraco cabeceamento de Paulo Vinicius.

O início do segundo tempo deu sequência ao pouco interesse com que tinham terminado os primeiros 45 minutos e, além das boas paradas, foram raros os momentos de exaltação por parte dos adeptos presentes.

O recém entrado Carlão acabaria por "faturar", aos 71 minutos, o terceiro do Sporting de Braga, serenando as hostes visitantes, que ainda passariam por um momento de aperto, aos 77 minutos, quando Janu viu Berni negar-lhe o golo.

Com o resultado feito, os "arsenalistas" limitaram-se a gerir a vantagem, sempre com o 1.º de Dezembro a tentar afoitar-se no ataque, mas sem sucesso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.