Carlos Brito, técnico do Rio Ave, desvalorizou hoje o "favoritismo" da sua equipa para o jogo de domingo frente ao Atlético, equipa da II Divisão, a contar para oitavos-de-final da Taça de Portugal.

O técnico dos vila-condenses reconheceu o maior poderio do seu conjunto, mas garantiu que o Rio Ave vai “respeitar” o adversário para "evitar surpresas”.

“A questão do favoritismo não é significativa. Entendo que é necessário respeitar o adversário o mais possível, sabendo que somos melhores, mas sem acharmos que isso, por si só, é suficiente”, disse Carlos Brito, acrescentando: “Sabemos perfeitamente que nos jogos da Taça de Portugal há surpresas. Esperamos que não aconteça no nosso jogo”.

Carlos Brito acabou mesmo por elogiar o adversário, referindo-se a uma equipa que lidera o campeonato onde participa. “Sendo uma competição a eliminar, obviamente que todos os cuidados são poucos perante a equipa que lidera o seu campeonato. O Atlético não é uma equipa de menor valia, o que diferencia é o facto de estarmos dois escalões acima, mas, se não formos humildes, corremos o risco de sermos eliminados”, referiu Brito.

Por isso mesmo, o treinador do Rio Ave garantiu que não irá apresentar grandes mudanças relativamente ao onze que tem vindo a apresentar na Liga: “Não vou mudar todo o onze inicial, posso é fazer alterações pontuais, dando oportunidades a outros jogadores”.

Para este desafio, Carlos Brito tem ao seu dispor praticamente todo o grupo de trabalho, sendo a única excepção o guarda-redes Mário Felgueiras, que recupera de lesão e tem feito apenas treino condicionado.

A partida entre o Rio Ave e o Atlético está agendada para as 15h00 de domingo, no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.