André Villas-Boas ficou satisfeito com a goleada (4-0) sobre o Juventude de Évora e a passagem para os quartos-de-final da Taça de Portugal, mas vincou a importância da invencibilidade do FC Porto se manifestar no futuro em títulos.

"É preciso juntar títulos. Só nos podemos orgulhar desta fase se juntarmos títulos a esta série que é boa, sendo que 10 jogos são do mister Jesualdo Ferreira", frisou o técnico portista, acrescentando: "O risco de perda de alguma competição vai fazer esquecer rapidamente o que for atingido."

Sobre o desafio com a equipa alentejana, Villas-Boas elogiou a atitude competitiva das duas formações. "Foi um jogo bem conseguido. O resultado podia ter sido outro, pois tivemos boas oportunidades de golo, mas queria deixar uma palavra ao Juventude, uma equipa que tem boa organização", concluiu. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.