Ivo Vieira (treinador do Nacional):
«Julgo que o Nacional foi melhor, mais forte e que teve as melhores oportunidades de golo. Hoje conseguimos ter a primeira oportunidade e marcar perante um adversário difícil, que valorizou imenso a nossa passagem.
A equipa precisava de dois, três resultados positivos, vamos aproveitar esta situação para continuar a crescer e a potenciar a qualidade do nosso jogo. O campo não dificultou a nossa tarefa porque os jogadores foram corajosos, tiveram a capacidade de ser solidários, com boa circulação de bola.
Para a final, ainda falta um percurso com várias eliminatórias e prefiro manter os pés assentes no chão, porque vai depender do calendário e do momento da equipa.»

Quim Machado (treinador do Feirense):
«Nós entrámos um bocadinho apáticos e na única falha que tivemos o Nacional acabou por fazer o golo.
Na parte inicial devíamos ter entrado mais concentrados, mais fortes mas, depois conseguimos controlar o jogo. Foi nitidamente por falta de sorte que não conseguimos chegar ao empate e dar a volta ao resultado, ou, no mínimo, chegar ao prolongamento.
A segunda parte foi totalmente nossa, tentámos jogar no risco, faltou o golo e ficou a sensação de que poderíamos chegar à quarta eliminatória, se tivéssemos conseguido maior tranquilidade

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.