Jorge Jesus afirmou que não gosta do facto de ter de jogar num relvado sintético. Em conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Oleiros para a Taça de Portugal, o treinador do Sporting disse que há uma grande diferença para os jogadores e que, no dia seguinte, parecem ter levado com um pau.

“Temos muito gosto em ir até Oleiros partilhar a vontade daquela gente que quer fazer o jogo ali. A única questão tem a ver com o sintético que não é compatível com uma equipa de futebol profissional. Deviam ser proibidos campos sintéticos. Para os jogadores, no dia seguinte a jogarem no sintético parecem que levaram com um pau nas pernas”.

O técnico disse ainda que ganhar em Oleiros é “normal” para o Sporting face à diferença das equipas, mas destacou a diferença que seria se acontecesse outro tipo de resultado. As responsabilidades estão do lado dos ‘leões’.

“Os jogadores têm de olhar para as responsabilidades. Na Taça de Portugal temos responsabilidades. O treinador do Sporting não olha contra quem joga, mas procura a vitória. Com melhor qualidade ou pior devido ao sintético temos de nos adaptar para sairmos de lá vencedores. Ganhar em Oleiros é normalíssimo, mas se não trazermos a vitória a diferença está ai…”

Jorge Jesus aproveitou a ocasião para deixar uma felicitação à seleção portuguesa que, ontem, garantiu o apuramento para o Campeonato do Mundo. O treinador do Sporting deixou os parabéns a Fernando Santos e à seleção.

“Estamos no Mundial como Campeões da Europa para mostrar qualidade. Deixou os parabéns ao Fernando Santos e à seleção pelo apuramento para o Campeonato do Mundo”.

O Sporting enfrenta o Oleiros para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal. O encontro vai ser disputado num relvado sintético e está marcado para esta quinta-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.