O Tribunal Central Administrativo Sul (TCAS) indeferiu o pedido do Benfica para suspender o castigo de 15 dias a Jorge Jesus, que deverá falhar os jogos com Marítimo e FC Porto, anunciou hoje o clube da I Liga de futebol.

“O Sport Lisboa e Benfica informa que foi indeferido pelo presidente do TCAS o pedido de decretamento de medidas cautelares que visavam a suspensão do castigo de 15 dias aplicado ao seu treinador Jorge Jesus, após deliberação do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol”, informou o Benfica, em comunicado publicado no sítio oficial na Internet.

O clube lisboeta indicou que “o recurso da decisão disciplinar prossegue agora os trâmites normais” no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) e, “na ausência de decisão em tempo útil”, será o treinador João de Deus a orientar a equipa frente ao Marítimo, no domingo, para a 15.ª jornada da I Liga, e ao FC Porto, em 23 de dezembro, nos oitavos de final da Taça de Portugal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.