O treinador José Couceiro deixou críticas, no passado domingo, à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por não ter cedido à sua equipa algumas bolas utilizadas pelo Trofense no Campeonato de Portugal, que foram usadas depois no jogo da Taça de Portugaç

“É inconcebível que uma equipa da Liga que tenha de jogar contra um clube de um escalão inferior só conheça a bola no próprio dia do jogo. É muito diferente da que se utiliza no nosso campeonato, é maior, tem outra textura e os jogadores não estão habituadosW, disse o técnico dos sadinos.

O Vitória de Setúbal (I Liga) foi obrigado a horas extraordinárias para afastar o Trofense (CP), tendo carimbado a presença na quarta eliminatória através da marcação de grandes penalidades (4-2), após nulo (0-0), tal como o Leixões e o Gil Vicente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.