O Fátima é de um escalão inferior, mas Manuel Machado não acredita em facilidades no jogo de domingo, no Funchal, uma ideia vincada na conferência de imprensa de hoje, realizada no final do treino matinal.

“Tivemos a oportunidade de assistir a dois jogos do Fátima e vimos a qualidade que a equipa apresenta. Há um passado que nos avisa e há um presente, em termos de visualização do adversário, que sublinha esse aviso. Quem contar amanhã com facilidades poderá vir a ter um desapontamento grande. A equipa tem de estar ao seu melhor nível, motivada para este jogo como se tratasse do jogo mais importante de todas as competições que enfrentamos, se queremos de facto chegar ao fim e permanecer dentro do campeonato”, avisou.

Manuel Machado admitiu que esta prova é importante para o clube: “Sempre foi e é. Temos um antecedente bastante positivo na última época, em que chegámos o mais longe que o historial do Nacional registava (chegámos às meias-finais, infelizmente não conseguimos chegar à final) e por isso a tentativa é a de dignificar esta prova, que é a segunda do calendário nacional".

"Vamos tentar repetir, e se pudermos, melhorar o desempenho da época anterior, tendo consciência de que é mais uma porta que se pode abrir para a concretização dos objectivos do clube, que é para o ano participar nas provas internacionais”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.