"No futebol português não há espaço para projectos, porque a vida de treinador é curta. Sinto-me, no entanto, com capacidade para liderar este projecto. A minha carreira será curta ou longa de acordo com o sucesso que tiver na Académica", disse o técnico durante a antevisão do encontro com o Portimonense, domingo, da terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Em relação ao jogo com o Portimonense, equipa da Liga de Honra, Villas Boas antevê "uma partida difícil, perante uma equipa rápida, agressiva, objectiva nas suas transições e bem organizada".

Quanto às quatro sessões de treino realizadas até agora, disse que "as sensações foram boas e as respostas dos jogadores bastante positivas face às mudanças introduzidas".

O treinador procedeu a bastantes alterações nos convocados em relação ao último jogo com o Beira-Mar para a Taça da Liga.

A estreia do central Markus Berger constitui o grande destaque da convocatória. Regressaram ainda o defesa esquerdo Emídio Rafael, o médio Nuno Coelho e o avançado João Ribeiro.

Saíram do lote dos eleitos o lateral esquerdo Hélder Cabral, os médios André Fontes e Amaury Bischoff e o avançado Vouho.
Continuam lesionados o defesa Luiz Nunes e os médios Bruno Amaro e Amaury Bischoff.

O jogo entre a "Briosa" e o Portimonense disputa-se domingo, no Estádio Cidade de Coimbra, às 15:00, com arbitragem de Rui Costa, do Porto.

Lista de convocados:

- Guarda-Redes: Rui Nereu e Ricardo.
- Defesas: Amoreirinha, Berger, Orlando, Pedrinho, Emídio Rafel e Pedro Costa.
- Médios: Paulo Sérgio, Cris, Tiero, Nuno Coelho e Diogo Gomes.
- Avançados: Miguel Pedro, Lito, Miguel Fidalgo, Éder, Sougou e João Ribeiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.